Papo na Redação: ANS estuda mexer em reajuste para estimular venda de plano de saúde individual

enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios
Brasil | 20/02/2014 - 15h27

Os planos de saúde individuais, que têm o reajuste controlado, têm se tornado artigo raro no mercado brasileiro. Restam ao consumidor os planos coletivos em que os aumentos são livres. 

Como não pode obrigar as empresas a oferecer planos individuais, a Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), que regula o setor, tem estudado formas de estimulá-las a colocar esse tipo de produto na praça.

"Estamos estudando metodologias de reajuste, a questão do impacto da portabilidade especial de carência sobre esse processo, os ritmos de portabilidade entre os diversos modelos praticados", afirma o diretor-presidente da ANS, André Longo, durante este Papo na Redação.

Na entrevista, Longo também comenta as medidas que a agência tem tomado para garantir o atendimento a usuários de planos de saúde durante os eventos da Copa do Mundo de 2014.

LEIA TAMBÉM: 
ANS suspende vendas de 111 planos de saúde por excesso de reclamações
ANS ajuda Amil em processo polêmico de reajustes de planos coletivos

Palavras-chave: ans; planos de saúde; plano de saúde individual; saúde suplementar ,

Gostou?

VIDEOS RELACIONADOS

Ver todos