Polícia prende três suspeitos de matar dentista em São Bernardo do Campo

enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios
Brasil | 28/04/2013 - 11h10

Três suspeitos de matar a dentista Cinthya Magaly Moutinho de Souza, de 47 anos, em São Bernardo do Camp , no ABC paulista, foram presos durante a madrugada (27/04). Um deles tem menos de 18 anos. O trio estava em uma casa na favela Santa Cruz, entre Diadema e São Bernardo. Eles colocaram fogo na vítima e fugiram na tarde de quinta-feira.

Os suspeitos foram levados para o Departamento de Homicídios e de Proteção à Pessoa (DHPP), no centro da capital. Entre os presos está Jonatas Cassiano Araújo, 21 anos, cuja prisão foi decretada na sexta-feira (26/04) pela Justiça. A polícia havia divulgado o retrato falado dos outros dois suspeitos.


O adolescente, com marcas de queimadura na mão, confessou ter ateado fogo na vítima. O bando não resistiu à prisão e assumiu o assassinato. Além deles, um outro menor, que ajudou no crime, está detido, mas, um quinto integrante da quadrilha está foragido.


O jovem, que completa 18 anos em junho, já tem passagem pela Fundação Casa e é o mais cruel da quadrilha. Após colocar fogo na vítima, já amarrada, ele confessou ficar fingindo que ia colocar fogo com um isqueiro, para torturá-la.


A prisão pode colocar fim a uma série de assaltos semelhantes. De acordo com a polícia, o mesmo grupo cometeu entre seis e oito crimes, a maioria em consultórios. Em uma dessas ações, o bandido preencheu a ficha de paciente, o que ajudou a polícia a encontrá-los.

 

Crédito: SBT Brasil

Leia mais em Último Segundo:

 

Polícia prende três suspeitos de matar dentista em São Bernardo do Campo

 

Palavras-chave: dentista , queimada , dentista queimada , igsp , IGSP , crime , são bernardo , polícia , assalto , bandidos , bandido , criminoso , criminosos , carbonizada , violência , sbt ,

Gostou?

VIDEOS RELACIONADOS

Ver todos