Polícia vistoria GPS do carro de Bruno

enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios
Brasil | 11/07/2010 - 11h28

De acordo com o depoimento do primo de Bruno, foi no sítio do jogardor, localizado na cidade de Esmeraldas (MG), que Eliza Samudio ficou por, pelo menos três dias, encarcerada em um dos cômodos da casa.

Enquanto isso, o goleiro realizava partidas de futebol e churrascos. O objetivo era demonstrar normalidade nas atividades do local.

Para que ninguém percebesse a presença de Eliza, o som estava ligado em volume altíssimo no quarto.

O laptop de Eliza só será analisado no ínicio da semana.

Sem vestígios do corpo, são elementos como este que podem confirmar os depoimentos e apontar a materialidade indireta.

Leia mais sobre o caso Bruno no Último Segundo.

ACOMPANHE AS NOVIDADES DA TViG PELO TWITTER: http://twitter.com/tvig

Palavras-chave: ex-namorada , caso Bruno , atleta , flamengo , Justiça , goleiro , bruno ,

Gostou?

VIDEOS RELACIONADOS

Ver todos