Populares ajudaram no resgate às vítimas

enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios
Brasil | 07/04/2011 - 20h47

Pessoas que estavam perto da Escola Municipal Tasso da Silveira, em Realengo, zona oeste da capital fluminense, auxiliaram os estudantes e funcionários feridos após o ataque de um atirador suicida.


Ao menos 11 pessoas morreram e outras 13 ficaram feridas na manhã desta quinta-feira (7) no colégio. A informação foi confirmada pelo relações-públicas do Corpo de Bombeiros, tenente-coronel Evandro Bezerra.


De acordo com a Polícia Militar, um homem, identificado como Wellington Menezes de Oliveira, de 23 anos, invadiu a instituição de ensino por volta das 8h e disparou contra alunos e funcionários.

Palavras-chave: funcionários , realengo , estudantes , ataque , mortos , wellington menezes de oliveira , ajuda , auxílio , atirador , alunos , populares , tiroteiro , tiroteio em escola , band , feridos , band , alunos , colégio , mortes , colégio tasso da silveira , escola , estudantes , rio de janeiro , rio ,

Gostou?

VIDEOS RELACIONADOS

Ver todos