Repórter do iG se passa por muçulmana e flagra reações nas ruas

enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios
Brasil | 26/01/2015 - 10h29

Os ataques de extremistas pelo mundo, como a recente chacina na sede do jornal Charlie Hebdo, despertaram um movimento anti-islã no Brasil. Muçulmanas brasileiras relataram ao iG, em reportagem publicada neste domingo (25), que foram cuspidas, apedrejadas e insultadas após o último caso. 

Por isso, durante dois dias, a repórter Carolina Garcia usou dois véus islâmicos - o niqab e o hijab - e flagrou reações dos pedestres em São Paulo.

Palavras-chave: islamofobia , islã , ataques , extremistas , intolerância , véu , charlie hebdo , flagrante , reação , pedestres ,

Gostou?

VIDEOS RELACIONADOS

Ver todos