RJ: Pedido de prisão negado a assassino confesso

enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios
Brasil | 20/04/2011 - 13h11

A Justiça do Rio de Janeiro negou o pedido de prisão preventiva de Luiz Carlos de Oliveira,, de 51 anos, que confessou ter assassinado uma estudante, dentro da escola da família, no último dia 7 de março, em Campo Grande, na zona oeste da capital. Segundo a juíza Elizabeth Louro, não há indícios de que o assassino possa cometer outros crimes.


“Para o sujeito ser preso provisoriamente, é preciso que o cara solto atrapalhe o processo. Se esses pressupostos não estejam demonstrados, não importa o quanto ele possa ter sido cruel ou bárbaro na execução. Isso fica isolado, pois ele é uma pessoa que esteve dominado por uma paixão maldita que fez com que ele perdesse a cabeça e matasse. Isso não quer dizer que isso vai acontecer de novo”, afirmou.


A juíza Elizabeth Louro ainda afirmou ainda que, cabe a ela “zelar para que os direitos fundamentais dos réus sejam preservados se ele estiver sendo processado”. No despacho, a magistrada do 4º Tribunal do Júri da capital alegou que o fato de o acusado ter comparecido espontaneamente à delegacia no dia seguinte ao crime influenciou a decisão.


O caso - O acusado Luiz Carlos de Oliveira confessou ter assassinado a universitária Mariana Gonçalves de Souza, de 21 anos, quando se apresentou no 33º distrito policial, em Realengo. A jovem havia sido encontrada morta esfaqueada no Centro Educacional Gonçalves Dornelles.


Segundo a polícia, ele era um funcionário do local e tinha uma paixão não correspondida pela estudante. Na data do crime, ela teria ido até a escola para receber o pagamento da mensalidade de um aluno.


Com a Redação da Band.


Leia mais notícias sobre o Brasil e o mundo em Último Segundo.

Palavras-chave: prisão , homicídio , Elisabeth Louro , pedido prisão , estudante , Luiz Carlos de Oliveira , Mariana Gonçalves de Souza , Justiça , assassino , Rio de Janeiro , crime , negativa , Rio , 4º Tribunal do Júri , band , universitária , juíza , decisão judicial , RJ , assassinato ,

Gostou?

VIDEOS RELACIONADOS

Ver todos