Sarney e o auxílio-moradia

enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios
Brasil | 28/05/2009 - 15h00

O presidente do Senado, José Sarney, admitiu que recebe de forma irregular o auxílio-moradia, mesmo morando em Brasília. O benefício é de quase R$ 4 mil, por mês.

O senador do PMDB do Amapá e presidente da casa pediu desculpas por ter informado à imprensa, que não recebia o auxílio moradia.

Nesta quinta-feira, Sarney esclareceu que ganha mensalmente o benefício de R$ 3.800, desde o ano passado. Mas afirmou que já pediu a suspensão do pagamento.

Sarney atribuiu a remuneração a algum erro administrativo. E garantiu que, em mais de 30 anos de mandato, nunca requisitou o benefício.

José Sarney tem residência em Brasília, o que torna irregular o auxílio moradia. O caso é ainda mais grave, já que desde fevereiro ele mora na residência oficial do Senado.

Logo depois do pedido de desculpas de Sarney, a Mesa Diretora do Senado agiu rápido e decidiu que os parlamentares que receberam o auxílio-moradia, de forma irregular, terão que devolver o dinheiro.

O ressarcimento será feito por meio de desconto na folha de pagamento dos senadores.

Palavras-chave: benefício , polêmica , senado , auxílio-moradia , ressarcimento , pagamento , senador , sarney , presidente ,

Gostou?

VIDEOS RELACIONADOS

Ver todos