Sarney nega demissão sigilosa do neto

enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios
Brasil | 11/06/2009 - 05h48

Uma lista secreta, com nomes de parentes e amigos para ocuparem cargos no Senado, dispensando o Diário Oficial, é o mais novo escândalo do Congresso Nacional.

Nesta quarta-feira, o presidente da casa, José Sarney, negou que o neto dele tenha sido demitido sigilosamente, depois da decisão do STF que impede o nepotismo.

Palavras-chave: demissão , sigilosa , sarney , nepotismo , presidente , senado , congresso nacional , escândalo , neto ,

Gostou?

VIDEOS RELACIONADOS

Ver todos