Sarney quer ponto eletrônico no Senado

enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios
Brasil | 13/03/2009 - 05h25

O presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), disse nesta quinta-feira que a Casa vai implantar um sistema de ponto eletrônico para controlar as horas extras dos funcionários.

A questão veio à tona após divulgação que mais de três mil servidores receberam valores adicionais referentes ao mês de janeiro, quando há recesso no parlamento, o que gerou um gasto suplementar de R$ 6,2 milhões.

Palavras-chave: senado , José Sarney , hora extra , ponto eletrônico , sarney ,

Gostou?

VIDEOS RELACIONADOS

Ver todos