STF concede liberdade a Gil Rugai

enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios
Brasil | 25/08/2009 - 17h43

O Supremo Tribunal Federal concedeu a liberdade ao ex-seminarista Gil Rugai, horas depois de ele ser preso.

O jovem é acusado de matar o pai e a madrasta, em 2004.

Rugai foi detido na manhã desta terça-feira, quando estava na casa da avó, na zona oeste de São Paulo.

A prisão aconteceu após o Superior Tribunal de Justiça revogar o habeas corpus, que garantia liberdade ao ex-seminarista.

No entanto, poucas horas depois, o Supremo Tribunal Federal voltou a determinar a soltura de Gil Rugai. Ele está no Centro de Detenção Provisória da Vila Independência, zona leste da capital paulista.

E, apesar da decisão do STF, deve ficar preso até que o mandado seja enviado ao sistema prisional de São Paulo.

Gil Rugai é acusado de matar o pai e a madrasta, em março de 2004. Ele nega a autoria dos crimes.

A data do julgamento do ex-seminarista ainda não foi marcada.

Veja mais notícias no Último Segundo.

Palavras-chave: morte , pai , madrasta , prisão , stf , assassinato , liberdade , gil rugai , acusação ,

Gostou?

VIDEOS RELACIONADOS

Ver todos