Suspeita de racismo em escola particular vira caso de polícia no DF

enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios
Brasil | 01/03/2013 - 11h56

Os pais de um aluno de oito anos dizem que o filho sofre racismo em de sala de aula por um colega da mesma idade, em uma escola particular de Brasília (DF).

 

Segundo o pai, as ofensas se repetem desde o fim de 2012. A revolta da mãe foi parar em uma rede social e já ganhou apoio de mais de uma centena de pessoas.

 

A família acusa a escola de omissão. Diz que tentou várias vezes marcar uma reunião com os pais dos outros alunos e a direção, mas nunca foi atendida. A mãe do menino agredido registrou boletim de ocorrência e o caso será encaminhado ao Conselho Tutelar.

 

O advogado da escola rebate, diz que a diretora está em contato com as famílias e defende que o problema seja resolvido no ambiente escolar.

 

Crédito: SBT Brasil

 

 

Palavras-chave: racismo , suspeita , escola , aluno , alunos , escola particular , escola , direção , pais , pai , família , reunião , conselho tutelar , tutelar , delegacia , omissão , sbt ,

Gostou?

VIDEOS RELACIONADOS

Ver todos