Tanques reforçam segurança no RJ

enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios
Brasil | 25/11/2010 - 14h12

Tanques de guerra da Marinha brasileira chegaram à favela Vila Cruzeiro, na zona norte, para ajudar o Bope na operação desta quinta-feira (25/11).

Os fuzileiros navais não vão atuar no combate direto, segundo a polícia. Os blindados servirão apenas para transportar agentes do Bope.

Pelo menos 150 oficiais estão no local. Segundo o comandante do Bope, Paulo Henrique Moraes, esta é a primeira vez que esse tipo de força é usado numa operação no Rio.

A Vila Cruzeiro é considerada, junto com o complexo do Alemão, o principal reduto do tráfico na cidade. Na quarta-feira (24/11), quatro pessoas morreram durante tiroteios no local.

Uma adolescente de 14 anos, moradora da favela, está entre as vítimas.

Nesta quinta (25/11), o Hospital Getúlio Vargas, que fica próximo à favela, teve a equipe da emergência reforçada por médicos do Corpo de Bombeiros.

A intenção da Secretaria Estadual de Saúde é melhorar o atendimento a possíveis vítimas da operação do Bope.

Leia mais no Último Segundo:

'Estamos em guerra', diz chefe do Estado-Maior da PM

ACOMPANHE AS NOVIDADES DA TViG PELO TWITTER: http://twitter.com/tvig

Palavras-chave: invasão , rio de janeiro , Polícia , tanques , confrontos , arrastão , favelas ,

Gostou?

VIDEOS RELACIONADOS

Ver todos