Tragédia em Santa Maria: 16 pessoas são indiciadas

enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios
Brasil | 23/03/2013 - 15h49

A polícia gaúcha divulgou hoje as conclusões do inquérito sobre a tragédia na Boate Kiss. 16 pessoas foram indiciadas, sendo nove por homicídio doloso, quando há risco de matar. Entre elas, estão os dois sócios da boate e dois integrantes da banda Gurizada Fandangueira, que tocava na boate na hora do incêndio.

 

Hoje, o dia foi de muita expectativa em Santa Maria. Ainda pela manhã, uma comissão de familiares das vítimas esteve na delegacia para conversar com os delegados responsáveis pela investigação. O inquérito com depoimentos de 800 testemunhas, foi entregue ao Ministério Público no início da tarde. Anexos contêm fotos, resultados de perícias e vídeos.

 

A polícia responsabilizou 35 pessoas pelo incêndio na boate. O prefeito de Santa Maria, César Schirmer, e o comandante do corpo de bombeiros, Moisés Fuchs, estão entre os responsabilizados. As investigações descobriram que a boate estava superlotada, apresentava irregularidades nos alvarás e que a sinalização de saídas de emergência era inadequada. O inquérito, com mais de mil páginas, concluiu que as vítimas foram asfixiadas pelos gases tóxicos liberados na queima da espuma que revestia a boate.

 

Crédito: SBT Brasil 

 

Leia mais no Último Segundo:

 

Defesa de sócios da Kiss classifica inquérito como 'covardia institucional'

 

Palavras-chave: Tragédia , Santa Maria , acidente , incêndio , julgamento , processo , boate Kiss , jovens , mortes , vítimas , SBT , SBT Brasil , fogo , responsáveis , desastre , Rio Grande do Sul , RS ,

Gostou?

VIDEOS RELACIONADOS

Ver todos