Três em cada dez alunos bebem até cair

enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios
Brasil | 29/03/2011 - 18h47

Uma pesquisa da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) detectou um comportamento preocupante entre os jovens brasileiros. Três em cada dez estudantes ouvidos admitiram que “bebem até cair”, segundo levantamento do Centro Brasileiro de Informações sobre Drogas da universidade, com mais de 5 mil alunos.


Em geral, o comportamento começa aos 12 anos e se estende para a vida adulta. A pesquisa apontou ainda que quanto mais cara é a mensalidade do colégio onde o jovem estuda, o risco de abuso da bebida dobra. A falta de conversa com a família é determinante em 60% dos casos.


Beber ate cair foi uma expressão ouvida por mais de 30% dos jovens entrevistados. Eles confirmaram a prática do binge, que é o consumo de cinco copos de cerveja ou outra bebida alcoólica pelo menos uma vez por semana. Um comportamento de risco que deixa o jovem vulnerável a brigas, acidentes de transito, sexo sem proteção e ao consumo de outras drogas.


O primeiro contato é em casa para quase metade dos jovens. Por isso, a conscientização tem vir do lugar onde moram, caso de Heliópolis, a maior favela de São Paulo.


Na favela, um grupo de jovens com idades entre 14 e 20 anos participa de uma associação chamada Alconscientes. O grupo tem a missão de multiplicar o que aprendeu em toda a comunidade.


Leia mais sobre o Brasil e o mundo em Último Segundo.

Palavras-chave: bebida , consumo drogas , drogas , universidade federal de são paulo , brigas , unifesp , sexo sem proteção , risco , comportamento risco , comportamento , conscientização , estudo , pesquisa , sexo desprotegido , acidentes , binge , levantamento , cerveja , favela , acidentes trânsito , consumo , programas , beber até cair , consumo álcool , causas , prática binge , álcool , bebida alcóolica , heliópolis , alunos , comunidade , são paulo ,

Gostou?

VIDEOS RELACIONADOS

Ver todos