Tuma Jr. anuncia que vai tirar férias por 15 dias

enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios
Brasil | 11/05/2010 - 22h32

O secretário nacional de Justiça, Romeu Tuma Júnior, anunciou nesta terça-feira que vai tirar férias por 15 dias.

Neste período, ele informou que vai preparar a defesa, que será remetida à Comissão de Ética da Presidência da República.

Essa comissão abriu um procedimento preliminar de apuração para avaliar a conduta do secretário.

Tuma Júnior é suspeito de envolvimento com a máfia chinesa em São Paulo e por tráfico de influência.

Ele nega. Gravações telefônicas e e-mails trocados entre ele e o homem considerado o chefe da máfia chinesa de São Paulo, Li Kwok Kwen, conhecido como Paulo Li, foram interceptadas pela Polícia Federal durante investigações sobre contrabando.

Paulo Li foi denunciado pelo Ministério Público no fim do ano passado e está preso.

Também nesta terça-feira, a Polícia Federal divulgou uma nota informando que a Corregedoria Regional da instituição em São Paulo, deu parecer favorável à abertura de inquérito sobre o caso. Mas as gravações de conversas telefônicas entre Tuma Júnior e Paulo Li estão sob segredo de Justiça. Por isso, a Polícia Federal ainda depende de autorização judicial para usar o material no inquérito.

Leia notícias do Brasil e do mundo no Último Segundo.

ACOMPANHE AS NOVIDADES DA TViG PELO TWITTER: http://twitter.com/tvig

Palavras-chave: defesa , Férias , anúncio , Tuma Jr , escandâlo , acusação , Secretário Nacional de Justiça , Comissão de Ética , secretário ,

Gostou?

VIDEOS RELACIONADOS

Ver todos