Violência doméstica leva crianças às ruas

enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios
Brasil | 25/03/2011 - 20h20

Uma pesquisa revelou que a maioria das crianças que dormem nas ruas saiu de casa por causa da violência doméstica. De cada dez menores abandonados, sete estão nessa triste estatística - a de preferir calçadas, marquises e viadutos ao lar onde moravam.


As drogas levam três em cada dez crianças às ruas, segundo a Secretaria Nacional de Direitos Humanos. No centro de Brasília, adolescentes fumam crack ao ar livre. O vício faz com que a maioria não volte pra casa.


Cerca de 70% sofreram algum tipo de violência dentro de casa. A maior parte (32,2%) dessas crianças e adolescentes tiveram brigas verbais com pais e irmãos, e 30% foram vítimas de violência física. Outros 9% sofreram violência e abuso sexual.


A pesquisa inédita ouviu 24 mil crianças e adolescentes de rua de 75 cidades do país. Sete em cada dez são meninos com idade entre 12 e 15 anos. A maioria pede dinheiro ou vende doces nos faróis.


A busca da liberdade e do trabalho, a perda da moradia, os conflitos com a vizinhança e brigas de grupos rivais também levam os jovens a fugir de casa. O padre Edmilson participa da missão resgate que recolhe das ruas do Distrito Federal e os leva para uma casa de recuperação.


Trabalho também feito num abrigo municipal de Curitiba. Há dois meses, um adolescente que vive lá por causa do crack chegou a ser acorrentado pelo pai dentro de casa. Longe do vício, ele tenta pintar uma outra visão de futuro.


Leia mais notícias sobre o Brasil e o mundo em

Último Segundo.

Palavras-chave: Secretaria Nacional de Direitos Humanos , violência doméstica , pesquisa , conflitos , vício , Band , residências , drogados , rua , drogas , consumo crack , brigas , casa , estudo , violência , menores , crianças , casas , abandono , consumo drogas , residência , abuso sexual , crack , conflitos familiares , ruas ,

Gostou?

VIDEOS RELACIONADOS

Ver todos