Zoghbi fraudou folha para aumentar crédito

enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios
Brasil | 03/08/2009 - 16h59

Senadores voltam a repudiar a ação que censurou o jornal "O Estado de São Paulo", que foi proibido de divulgar informações sobre uma operação envolvendo o filho do presidente do Congresso, José Sarney.

E uma investigação do Senado, mantida sob sigilo, revela que o ex-diretor de Recursos Humanos da Casa, João Carlos Zoghbi, fraudou a folha de pagamento para aumentar o valor do crédito consignado.

Acompanhe as principais notícias do Brasil e do mundo pelo



Último Segundo.





Palavras-chave: José Sarney , senado , O Estado de São Paulo , crédito , pagamento , brasília , censura , informações , políticos ,

Gostou?

VIDEOS RELACIONADOS

Ver todos