Cientistas da USP conseguem impedir reprodução da Dengue

enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios
Ciência | 02/08/2012 - 09h08

Pesquisadores da USP de Piracicaba, no interior de São Paulo, encontraram uma forma de acabar com a reprodução do mosquito da Dengue. O estudo pode representar um grande avanço no combate à doença, que mata 20 mil pessoas por ano, em todo o mundo.


A pesquisa interfere no ciclo reprodutivo do inseto, por meio de um processo radioativo, sem fazer uso de produtos químicos e sem gerar qualquer tipo de impacto ambiental. A ideia é dar origem a uma geração de insetos que não podem se reproduzir, causando a diminuição da população de mosquitos da dengue e, por consequência, uma queda na contaminação por dengue.


Em todo o Brasil, os casos de dengue tiveram redução de 666.142 em 2011 para 472.973 casos confirmados até 4 de Julho, uma redução de 29% de casos no país.


Créditos: SBT Brasil

Palavras-chave: SBT Brasil , SBT , dengue , notícias , doença , USP Piracicaba , cientistas ,

Gostou?

VIDEOS RELACIONADOS

Ver todos