Cientistas londrinos estudam meteorito que veio de Marte

enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios
Ciência | 09/02/2012 - 15h14

Cientistas do Museu Britânico de História Natural de Londres estudam um meteorito de um quilo proveniente de Marte.


A rocha foi encontrada em Marrocos em julho de 2011. Os meteoritos marcianos são mais de um milhão de vezes mais raros que o ouro.


Os meteoritos são objetos compostos de rocha e metal que às vezes se desprendem dos diversos corpos do Sistema Solar e após viajarem pelo espaço caem nas superfícies da Terra, da Lua ou de qualquer outro corpo celeste.


A maioria dos meteoritos não é vista caindo, mas acaba encontrada algum tempo depois e é submetida então a uma série de testes para determinar sua procedência.


Daí a importância do Tissint, que caiu em julho e cujos restos começaram a ser recuperados em outubro, antes que o contato com a Terra começasse a afetá-lo.


Esses fragmentos rochosos são fundamentais para ajudar os cientistas em seu estudo para determinar a composição de Marte e saber se já houve vida no planeta.


Leia mais em iG Ciência.

Palavras-chave: fragmentos , Reuters , Marte , marciano , composição , cientistas , fragmento , ciência , museu , cientista , planeta , estudo , pedra , meteorito ,

Gostou?

VIDEOS RELACIONADOS

Ver todos