Como se prevenir de picadas de animais peçonhentos

enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios
Ciência | 26/01/2013 - 12h39

Marcelo Bellini Lucas, biólogo do Museu do Instituto Butantan em São Paulo, explica o que fazer nesta época do ano em que aumenta a incidência de picadas de animais peçonhentos como cobras, aranhas, escorpiões, taturanas e alguns insetos.

 

No Brasil, o animal que causa mais acidentes é o escorpião, mais especificamente, a espécie do escorpião amarelo cuja fêmea consegue se reproduzir sem a presença do macho.

 

As aranhas aparecem em segundo lugar, principalmente as armadeiras que são encontradas em depósitos de materias de construção em residências. Já a aranha marrom, extremamente pequena, é encontrada em fendas de tijolos, embaixo de camas e atrás de móveis.

 

Depois vem as serpentes, responsável por 36 mil acidentes por ano no Brasil, principalmente do grupo das jararacas. As cascavéis são a espécie mais letal de cobras no país.

Palavras-chave: peçonhento , peçonhentos , escorpião , escorpiões , cobra , cobras , serpente , serpentes , jararaca , cascavel , aranha , aranhas , armadeira , armadeiras , aranha marrom , picada , veneno , proteção , cuidado , cuidados , habitat , instituto butantan , são paulo , biólogo , répteis , ciência ,

Gostou?

VIDEOS RELACIONADOS

Ver todos