Estudo das estrelas aumenta mistério sobre matéria escura

enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios
Ciência | 19/04/2012 - 10h44

Um estudo sobre os movimentos das estrelas na Via Láctea revelou "um déficit misterioso" de matéria escura na vizinhança do nosso Sol, anunciaram nesta quarta-feira cientistas do Observatório Europeu Austral (ESO, na sigla em inglês).


De acordo com a teoria amplamente aceita, as proximidades do Sol seriam ocupadas pela matéria escura, uma substância invisível e misteriosa que só pode ser detectada indiretamente pela força gravitacional que exerce.


Mas um novo estudo, realizado por uma equipe de astrônomos que se baseou, sobretudo, em observações no telescópio MPG/ESO, em La Silla, Chile, não encontrou qualquer prova da presença de matéria escura em uma área relativamente grande no entorno do Sol.

Palavras-chave: observação , sol , ciência , estudo , astrônomos , força gravitacional , déficit , observação , estrela , estrelas , telescópio , mistério , astronomia , via láctea , planetas , matéria escura ,

Gostou?

VIDEOS RELACIONADOS

Ver todos