Maior água-marinha do mundo é brasileira e está exposta nos EUA

enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios
Ciência | 07/12/2012 - 11h13

Extraída em Minas Gerais na década de 1980, Dom Pedro, a maior água-marinha do mundo, ganha uma exposição permanente a partir desta quinta-feira (06/12) no museu Museu de História Natural do Instituto Smithsonian, em Washington.


O cristal bruto, que pesava 27 quilos, foi levado para a Alemanha em 1992 e lapidado em formato de obelisco pelo alemão, Bernd Munsteiner, um dos maiores especialistas do mundo no corte de cristais.


A Dom Pedro, que leva esse nome em homenagem aos dois imperadores do Brasil, tem 35,5cm de altura e pesa pouco mais de dois quilos.


De acordo com o curador Jeffrey Post, a peça, doada pelo casal de empresários Jane Mitchell e Jeffery Bland, será a mais memorável do museu.


A coleção da instituição é uma das maiores do mundo e contém ainda o diamante azul-escuro Hope Diamond (doado em 1958) e brincos que pertenceram a Maria Antonieta.


Leia mais em iG Ciência.

Palavras-chave: museu , minas gerais , obelisco , zoomin , pedra , minas , Smithsonian , aquamarine , gema , museu Smithsonian , exposição ,

Gostou?

VIDEOS RELACIONADOS

Ver todos