Novas descobertas em Jerusalém

enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios
Ciência | 26/02/2010 - 14h32

Saiba mais sobre arqueologia
Novas descobertas sobre Tutancâmon

Arqueólogos israelenses descobriram em escavações realizadas junto à Cidade Antiga de Jerusalém os restos de uma muralha do século X a.C. que poderiam confirmar a descrição bíblica dos tempos do rei Salomão. Uma parte da estrutura, de 70 metros de comprimento e 6 de altura, foi encontrada em um local de nome Ofel, entre a Cidadela de David e a Esplanada das Mesquitas. Empreendidas nos últimos meses, as escavações fazem parte de um projeto da Universidade Hebraica de Jerusalém, a Autoridade de Antiguidades de Israel e outras instituições, e conta com o financiamento de patrocinadores americanos.

Os especialistas datam a muralha com base em fragmentos de vasilhas descobertas nos arredores. Segundo ela, os objetos são de tempos do reinado de Salomão, o período de maior construção até então em Jerusalém e quando foi erguido o Primeiro Templo judeu, segundo o Antigo Testamento. Deste período datam os antigos povoados israelitas de Meguido ou Be'er Sheva, declaradas em 2005 Patrimônio Mundial da Humanidade pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco). Para os arqueólogos, os restos da muralha representam uma prova adicional da exatidão com que as sagradas escrituras descrevem o esplendor do período dos reis David e Salomão.

Leia notícias do Brasil e do mundo no Último Segundo.

Palavras-chave: israel , Jerusalém , descobertas , Arqueólogos , rei salomão ,

Gostou?

VIDEOS RELACIONADOS

Ver todos