Sondas espaciais colidem contra a Lua a 6 mil km/h

enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios
Ciência | 18/12/2012 - 10h43

Duas sondas gêmeas americanas foram atiradas contra a Lua, nesta segunda-feira (17/12), depois de uma bem sucedida missão destinada a mapear a superfície do satélite natural da Terra e medir seu campo gravitacional.


As sondas denominadas Ebb e Flow, do tamanho de uma máquina de lavar roupas, bateram em uma montanha próxima ao polo norte lunar, perto da cratera de Goldsmith, pouco antes das 20h30, hora de Brasília.


A sonda Ebb foi a primeira a tocar o solo, seguida 30 segundos depois da Flow, a uma velocidade de 6.050 km/hora, informou a agência espacial americana.


Não há imagens do impacto, visto que a região onde ocorreu estava na escuridão, informou a NASA.


A agência tinha explicado na semana passada a decisão de encerrar a missão das duas sondas devido ao baixo nível de combustível em suas reservas, o que permitiria realizar mais atividades científicas.


Leia mais em iG Ciência.

Palavras-chave: sondas , missão , gravidade , espacial , colisão , lua , satélite , mapeamento , zoomin , flow , nasa , americano , ebb , missão , espaço , sondas gêmeas , americana , terra , queda , lunar , superfície , sonda , agência , norte-americana ,

Gostou?

VIDEOS RELACIONADOS

Ver todos