Congresso está divido sobre redução da multa de FGTS para doméstica

enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios
Economia | 26/04/2013 - 07h18

Presidente da comissão parlamentar que regulamenta a nova lei das domésticas, deputado Cândido Vaccarezza (PT-SP) diz que é preciso “definir especificidade” do trabalho antes de bater o martelo sobre a redução da multa obrigatória de 40% sobre o saldo do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) em casos demissões por justa causa.

 

Leia mais em iG Economia:

 

Redução da multa de FGTS para domésticas divide Congresso

Palavras-chave: doméstica , fgts , demissão , discussão , vacarezza , cândido vacarezza , domésticas , lei , senado , aprovação , fundo de garantia ,

Gostou?

VIDEOS RELACIONADOS

Ver todos