FMI e os países em desenvolvimento

enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios
Economia | 04/10/2009 - 15h38

A concessão de poder aos países em desenvolvimento deu neste domingo (04/10) um novo passo - o Fundo Monetário Internacional (FMI) colocou fim ao controle europeu na chefia do órgão.

O comitê, que representa as 186 nações integrantes do FMI, prometeu aprovar em abril um novo processo de seleção dos diretores da entidade.

Desde sua fundação, em 1944, todos os diretores-gerentes do FMI foram europeus e o "número dois", americano. Em troca, EUA podiam designar o presidente do Banco Mundial.

Há anos, esse acordo é combatido pelos países em desenvolvimento.

Pela primeira vez, o próximo diretor-gerente do FMI poderá não ser europeu.

Leia mais no iG Economia:

FMI diz que Brasil pode "instigar" o apetite dos investidores

ACOMPANHE AS NOVIDADES DA TViG PELO TWITTER: http://twitter.com/tvig

Palavras-chave: poder , diretores , FMI , desenvolvimento , europeus , eleição , países , seleção , Fundo Monetário Internacional ,

Gostou?

VIDEOS RELACIONADOS

Ver todos