Greve geral paralisa a Bélgica

enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios
Economia | 30/01/2012 - 13h11

A Bélgica se encontra parcialmente paralisada nesta segunda-feira (30/01) por uma greve geral decretada pelos sindicatos para protestar contra as políticas de austeridade, no mesmo dia em que se realiza uma cúpula dos dirigentes europeus sobre a situação econômica no continente.


Os empregados ferroviários belgas pararam na noite de domingo, (29/01) dando início, com algumas horas de antecipação, à greve protesto contra o arroucho.


Também interromperam o serviços as composições de alta velocidade com conexões internacionais, que unem Bruselas a Paris, Amsterdã, Colônia e Londres.


Os principais sindicatos do país denunciam os milhares de milhões de euros em cortes de verbas decididos pelo governo socialista de Elio Di Rupo para economizar, e esperam paralisar o país com um chamado à greve tanto no setor público quanto no privado.


Os correios, as repartições públicas, alguns bancos e vários hipermercados vão permanecer fechados.


Leia mais em iG Economia:


Bélgica parcialmente paralisada por greve geral

Palavras-chave: austeridade , medidas , arrocho , economia , grevista , política , austeridade , greve geral , belga , crise , políticas , Reuters , euro , sindicatos , sindicato , greve , belgas , desvalorização cambial , paralisação , grevistas , Bélgica ,

Gostou?

VIDEOS RELACIONADOS

Ver todos