Manifestantes protestam na Espanha contra medidas de austeridade

enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios
Economia | 11/03/2013 - 10h39

Milhares de manifestantes marcharam neste domingo na Espanha, principalmente em Madri e Barcelona, para protestar contra o desemprego e a austeridade e exigir reformas políticas, seguindo as convocações dos principais sindicatos do país.



Com gritos de "governo, renúncia", o desfile madrilenho percorreu o centro da capital, reunindo milhares de trabalhadores, funcionários dos transportes públicos, mas também médicos e enfermeiras, que protestam há meses em defesa da saúde pública. Seguindo a convocação dos sindicatos e dos movimentos cidadãos, as manifestações contra as medidas de rigor do governo conservador de Mariano Rajoy se multiplicam na Espanha. Vários escândalos de corrupção que atingem o partido no poder (Partido Popular), e inclusive a Família Real, aumentam o descontentamento de uma parte da opinião pública, num momento em que o país sofre com o desemprego e com a recessão.



Com o objetivo de restaurar as contas públicas, e sob a pressão de seus sócios europeus, o governo espanhol colocou em andamento medidas draconianas de rigor para economizar 150 bilhões de euros em três anos, antes do fim de 2014.

 

Leia mais notícias do Brasil e do Mundo no Último Segundo.

Palavras-chave: protesto , Espanha , manifestações , zoomin , marcha , desemprego , governo , crise econômica , economia , organizações , medidas , austeridade ,

Gostou?

VIDEOS RELACIONADOS

Ver todos