Nissan de olho no mercado chinês

enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios
Economia | 03/11/2011 - 12h32

De olho na clientela asiática abastada, a montadora japonesa Nissan pode começar a produzir o Infiniti na China e transferir a sede mundial da marca de luxo para Hong Kong.


Entre as três maiores montadoras japonesas, a Nissan é a que menos vende carros de luxo e, por isso, quer aumentar o volume de vendas em 500 mil unidades por ano até 2016.


Leia mais em iG Economia.

Palavras-chave: carros , produção , modelo , Nissan , montadora , luxo , Japão , Reuters , japonesa , modelos , montadoras , produção , automóvel , Hong Kong , Infiniti , sede , China , sede mundial , economia , chineses ,

Gostou?

VIDEOS RELACIONADOS

Ver todos