Poupar é segredo para velhice tranquila

enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios
Economia | 16/02/2011 - 22h32

De acordo com previsões do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), em 30 anos, serão 30 milhões de pessoas no país com mais de 60 anos.

Hoje, no Brasil, para cada 100 crianças há 24 idosos. Daqui a três décadas, esse quadro deverá mudar completamente. Para cada 100 crianças, serão 170 pessoas na terceira idade.

Como é que os jovens de hoje estão se preparando para chegar à terceira idade? E será que o país está preparado para cuidar desses futuros idosos?

Fabiana Aparecida Rastero, de 30 anos, diz que a única coisa que ela faz é contribuir mensalmente como autônoma para o INSS.

Porém, para quem já depende da aposentadoria, o valor pago pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) não é suficiente.

Desde a década de 60, as mulheres vêm tendo menos filhos. Em 1990, elas tinham em média 2,89 filhos. Em 2010, 1,89; e em 2030, prevê-se que esta média cairá para apenas 1,5.

O problema é que a média de 1,5 filho não é suficiente para repor a população - estamos nascendo menos e morrendo mais tarde.

Segundo o demógrafo José Marcos P. da Cunha, caminhamos para uma situação em que os idosos serão uma parcela cada vez mais expressiva da população. "Precisamos nos preparar para isso", afirmou.

É aí que entra o problema da previdência. Atualmente a idade mínima para a aposentadoria é de 65 anos para os homens e de 60 para as mulheres.

Sabendo que a expectativa de vida dos brasileiros já chega aos 73 anos, o governo terá de pagar, no mínimo, mais 10 anos de aposentadoria para quem contribuir com o INSS. Um equilíbio de conta pública difícil de alcançar.

Uma das maneiras de se programar para viver a terceira idade com mais tranquilidade é começar, desde cedo,a poupar. Com pequenas aplicações mensais, os pais podem começar a pensar no conforto para a velhice dos filhos.

Outra forma é poupar desde adulto. Joseph Dana, de 32 anos, pensa dessa maneira. Ele começou a aplicar na previdência privada há sete anos, começando com R$ 100 e chegando, atualmente, a cerca de R$ 300 por mês.

Leia notícias do Brasil e do mundo no Último Segundo.

ACOMPANHE AS NOVIDADES DA TViG PELO TWITTER: http://twitter.com/tvig

Palavras-chave: previdência privada , terceira idade , envelhecimento , aplicações , INSS , idosos , velhice , popuança ,

Gostou?

VIDEOS RELACIONADOS

Ver todos