UE deseja ampliar luta contra evasão fiscal

enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios
Economia | 15/04/2013 - 11h43

Os ministros de Economia da União Europeia (UE) alcançaram neste sábado (13/04) um amplo consenso sobre a necessidade de criar uma frente comum na luta contra a evasão fiscal, embora a Áustria tenha se oposto à medida por ser contrária a relaxar seu sigilo bancário.


O ministro irlandês de Finanças, Michael Noonan, afirmou na entrevista coletiva posterior ao conselho informal de Ministros de Economia da UE (Ecofin) que 'o assunto da evasão fiscal está agora sobre a mesa e tanto a presidência irlandesa rotativa como a Comissão Europeia estão determinadas a conseguir que o debate acarrete em ações'.

Como medida concrera, o presidente do Conselho Europeu, Herman Van Rompuy, decidiu abordar na cúpula europeia do dia 22 de maio a luta contra a evasão fiscal.

A fraude e a evasão fiscal acarreta na perda de 27 trilhões de euros por ano ou dois mil euros por cidadão, segundo cálculos da comissão.comiss

 

Palavras-chave: europa , crise econômica , desemprego , emprego , crescimento econômico , evasão fiscal , evasão , bancário , união europeia , ministros da economia , comissão , fraude , zoomin ,

Gostou?

VIDEOS RELACIONADOS

Ver todos