Governo aprova o sistema de cotas para universidades federais

enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios
Educação | 15/10/2012 - 17h26

A regulamentação da chamada Lei das Cotas, sancionada pela presidenta Dilma Rousseff em agosto, foi publicada na edição desta segunda-feira (15/10) do Diário Oficial da União.


De acordo com a Lei nº 12.711, que criou as cotas, 50% das vagas em universidades e institutos federais ficam reservadas a estudantes que frequentaram todo o ensino médio em escolas públicas. O decreto publicado hoje deixa claro às instituições quais critérios devem ser considerados para aceitar um estudante como cotista.


O estudante que quiser se candidatar às vagas das federais pelas cotas - no mínimo, 12,5% das vagas devem ser reservadas nos vestibulares para o primeiro semestre de 2013 - terá de comprovar que não estudou nenhum ano do ensino médio na rede privada.


Quem cursou a Educação de Jovens e Adultos (EJA) ou obteve certificado de conclusão pelo Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) também pode disputar, desde que não tenha no seu histórico escolar nenhuma passagem por escolas privadas.


Crédito: SBT Brasil


Leia mais em iG Educação:


Lei das cotas nas universidades é publicada no Diário Oficial

Palavras-chave: sistema , exames , públicas , universidades federais , universidade federal , ensino médio , enem , vestibular , pública , universidades , escolas , ensino , sbt , cotas , federal , comprovação , renda , universidade , universitário , educação , cota , universitários , lei , vestibulares , estudantes ,

Gostou?

VIDEOS RELACIONADOS

Ver todos