Polícia descobre fraude no ENEM em Minas Gerais

enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios
Educação | 20/12/2013 - 10h32

O esquema era facilitado pelos fiscais da prova, contratados pelo MEC, que minutos antes repassavam o caderno de provas com todas as questões resolvidas. A quadrilha cobrava cerca de 100 mil reais pelo gabarito que era repassado aos estudantes por meio de celulares de plástico.

O chefe do bando José Claudio de Oliveira agia em casa e em seu carro foram apreendidos cadernos com as questões do ENEM e listas com os contatos dos estudantes. Outras 35 pessoas acabaram presas. 

O bando, que também 
vendia respostas em vestibulares de medicina, agia em dezessete cidades mineiras e no Rio de Janeiro.

Crédito: SBT Brasil

Leia mais notícias do Brasil e do mundo em Último Segundo.

Palavras-chave: criminosos , crime , quadrilha , fraude , enem , ensino médio , vestibulares , minas , minas gerais , mineiros , gabarito , sbt , prisão , polícia ,

Gostou?

VIDEOS RELACIONADOS

Ver todos