Americano que desapareceu no Irã era agente da CIA

enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios
Mundo | 13/12/2013 - 13h17

A agência de notícias Associated Press, revelou, nesta quinta-feira (12/12), que o americano Robert Levinson, desaparecido há quase sete anos no Irã trabalhava para a CIA como parte de uma missão para recolher informações.

Em março de 2007, Robert Levinson, um agente aposentado do FBI, voou para o resort iraniano de Kish Island. Dias mais tarde, depois de uma reunião organizada com um assassino profissional, deixou o hotel, entrou em um táxi e desapareceu.

A CIA e o governo dos EUA sempre negaram publicamente que Levinson trabalhava para a agência de inteligência e a CIA chegou a pagar à sua família US$ 2,5 milhões para ficar calada.

Não houve nenhuma dica sobre o paradeiro de Levinson, desde que a sua família recebeu fotos e este vídeo no final de 2010. 

Leia mais notícias do Brasil e do mundo em Último Segundo.

Palavras-chave: zoomin , desaparecimento , agente , CIA , EUA , governo , estados unidos , americano , irã , robert levinson , profissional ,

Gostou?

VIDEOS RELACIONADOS

Ver todos