Americano recebe R$ 15 milhões após contrair doença provocada por fumaça de pipoca de micro-ondas

enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios
Mundo | 21/09/2012 - 11h02

Nos Estados Unidos, Wayne Watson recebeu uma indenização de US$ 7 milhões - o equivalente a aproximadamente R$ 15 milhões - após contrair doença causada pela fumaça de pipoca de micro-ondas.


O americano tinha o hábito de comer até três sacos de pipoca por dia e desenvolveu uma grave doença que afeta os pulmões.


Watson, que é o primeiro cliente a contrair uma doença comum aos trabalhadores das fábricas diretamente expostos à fumaça do aromatizante diacetil , entrou na justiça contra o fabricante e o supermercado e ganhou a indenização milionária.


Crédito: SBT Brasil


Leia mais notícias do Brasil e do mundo em Último Segundo.

Palavras-chave: milionária , doença , fabricante , pipoca , estados unidos , pulmões , supermercado , norte-americano , microondas , indenização , wayne watson , americano , saúde , fumaça , pipocas , justiça , respiratória , eua , comida , sacos , saco , sbt , processo ,

Gostou?

VIDEOS RELACIONADOS

Ver todos