Americanos defendem dança em monumento nos EUA

enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios
Mundo | 06/06/2011 - 14h26

Uma multidão tomou conta do Thomas Jefferson Memorial, em Washington, para protestar contra o que dizem ser uma violação à primeira emenda da constituição americana, que garante a liberdade de expressão, entre outros direitos.


Tudo começou quando cinco pessoas foram presas por estar dançando no monumento dedicado ao terceiro presidente dos Estados Unidos (1801-1809) e o principal artíficie da declaração de independência.


De acordo com um tribunal, a dança é inapropriada para a "seriedade" do local. Para os manifestantes, porém, ela é apenas uma forma de liberdade de expressão. Ao final do protesto, nenhum deles foi detido pelos policiais.


Leia mais notícias sobre o Brasil e o mundo em Último Segundo.

Palavras-chave: monumento , estados unidos , dança , protesto , manifestação , reuters , liberdade de expressão , eua , thomas jefferson , memorial , washington ,

Gostou?

VIDEOS RELACIONADOS

Ver todos