Artista cambojano ganha memorial

enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios
Mundo | 12/09/2011 - 13h58

Nesta segunda-feira (12/09), centenas de pessoas visitaram o memorial em homenagem ao artista cambojano Vann Nath que faleceu vítima de um ataque cardíaco em 5 de setembro de 2011, aos 66 anos.


Vann Nath foi um dos sete sobreviventes do famoso presídio Tuol Seng durante o governo do Khmer Vermelho.


O artista teve papel fundamental na condenação dos principais líderes do regime totalitário.


Nath testemunhou no jugamento contra o diretor do presídio S-21 Kaing Guek Eav, também conhecido como Duch, que foi condenado, mas apelou da sentença.


Cerca de 1,7 milhão de pessoas morreram de inanição, doenças ou tortura durante o regime do Khmer Vermelho.


Leia mais notícias do Brasil e do mundo em Último Segundo.

Palavras-chave: regime , Camboja , Khmer Vermelho , homenagem , cambojano , presídio , artista , morte , ditadura , Tuol Seng , memorial , preso , governo ,

Gostou?

VIDEOS RELACIONADOS

Ver todos