Ataques deixam Mumbai em estado de alerta máximo

enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios
Mundo | 14/07/2011 - 13h07

O primeiro-ministro da Índia, Manmohan Singh, fez um apelo à população de Mumbai para que "permaneça calma e se mostre unida". Os ataques desta quarta-feira foram os piores no país desde a morte de 166 pessoas durante três dias de ofensivas múltiplas contra a cidade, ocorridas em 2008 e atribuídas a militantes islâmicos paquistaneses.


Saiba mais em Governo revisa de 21 para 17 número de mortes causadas por três explosões em diferentes áreas da cidade

Palavras-chave: ataques , bomba , índia , manmohan , , mumbai ,

Gostou?

VIDEOS RELACIONADOS

Ver todos