Ator pornô que esquartejou chinês é extraditado ao Canadá

enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios
Mundo | 19/06/2012 - 14h37

O ator pornô canadense Luka Rocco Magnotta, suspeito de ter assassinado e esquartejado um estudante chinês, voltou para o Canadá - depois de ter sido extraditado da Alemanha. Apelidado de "psicopata canadense", o jovem de 29 anos estava, desde 4 de junho, em prisão provisória em Berlim.


Luka Rocco Magnotta, também conhecido pelos nomes de Eric Clinton Newman e Vladimir Romanov, é acusado de assassinato premeditado e de violação de cadáver. Ele foi apelidado de "psicopata canadense" após divulgar um vídeo na internet que mostra o momento em que mata a vítima, amarrada, com um picador de gelo, e desmembra o cadáver, ao som de uma canção do filme Psicopata Americano.


Pedaços do corpo foram enviados por correio a partidos políticos canadenses. A vítima era um estudante chinês, Jun Lin, de 32 anos, procedente de Wuhan, na província de Hubei (centro da China), com o qual, segundo a polícia canadense, Magnotta manteve relações sexuais.


Leia mais notícias do Brasil e do mundo em Último Segundo.

Palavras-chave: magnotta , prisão , acusação , Canadá , pornô , reuters , investigação , ator , alemanha , esquartejamento , esquartejar , assassinato , extradição , ator pornô , canibal , crime , morte , estudante chinês ,

Gostou?

VIDEOS RELACIONADOS

Ver todos