Aung San Suu Kyi deixa Mianmar pela 1ª vez em 24 anos

enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios
Mundo | 30/05/2012 - 15h22

A Nobel da Paz Aung San Suu Kyi deixou Mianmar pela primeira vez em 24 anos, na terça-feira, numa inequívoca demonstração de confiança na liberalização que ocorre no seu país, após cinco décadas de regime militar.


Vestindo blusa laranja e o tradicional longhi (sarong birmanês), a ativista pró-democracia desembarcou discretamente em Bangcoc, sem dar declarações, mas deixou o terminal sorrindo de forma confiante e acenando da janela do carro para algumas dezenas de admiradores e curiosos que a aplaudiam.


Suu Kyi, filha de um herói da independência da ex-Birmânia, estava exilada quando foi ao seu país para o que deveria ser uma visita temporária, em 1988. Mas ela acabou passando 15 anos em prisão domiciliar, e após a recente abertura foi eleita deputada.


Em quatro dias de visita à Tailândia, ela deve discursar numa reunião do Fórum Econômico Mundial, além de visitar imigrantes e refugiados birmaneses.


Leia mais notícias do Brasil e do mundo em Último Segundo.

Palavras-chave: Birmânia , Aung San Suu Kyi , viagem , ativista , longhi , reuters , Tailândia , Mianmar , Bangcoc , política ,

Gostou?

VIDEOS RELACIONADOS

Ver todos