Brasil ajuda em libertação na Colômbia

enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios
Mundo | 03/02/2009 - 12h55


Após a confirmação do adiamento da missão que entregaria o refém das Farc Alan Jara, o coronel Achilles Furlan Neto, que comanda a ação, disse que "tudo o que for pedido ao Governo brasileiro e ao Exército brasileiro, se estiver dentro do acordo da negociação, será feito com sucesso".
A tripulação brasileira encarregada de auxiliar no recolhimento e transporte dos libertados pela guerrilha foi enviada de volta ao hotel, à espera do reinício de seu trabalho humanitário. A Agência Efe teve acesso aos especialistas, que estão à espera de novas ordens no Hotel del Llano, em Villavicencio, depois de terem realizado trabalhos de inspeção em suas aeronaves.
A disponibilidade do grupo foi confirmada pelo coronel Furlan, do 4º Batalhão de Aviação de Exército, que afirmou ser "um prazer poder ajudar". Os dois helicópteros Cougar brasileiros participaram neste domingo da libertação de três agentes da Polícia e um soldado do Exército colombiano, em uma negociação que visa libertar, nos próximos dias, o ex-governador do departamento de Meta Alan Jara, sequestrado em 2001, e o ex-deputado do departamento de Valle del Cauca Sigifredo López, em poder das Farc desde 2002.

Palavras-chave: guerrilha , farc , libertação , colômbia , reféns ,

Gostou?

VIDEOS RELACIONADOS

Ver todos