Brasil e França assinam acordo para 'visto mochileiro'

enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios
Mundo | 13/12/2013 - 13h11

Os governos do Brasil e da França firmaram nesta quinta-feira (12/12) um acordo que deverá facilitar um intercâmbio de “mochileiros” entre os dois países.

O ato, assinado pelos presidentes Dilma Rousseff e François Hollande, permite que jovens de 18 a 30 anos possam viajar e trabalhar no outro país por um período de até um ano.

Hoje, pelo princípio de reciprocidade diplomática, o visto de turismo não é exigido para cidadãos dos dois países por um período de três meses. A autorização de entrada, no entanto, não permite atividades remuneradas.Informalmente chamado de “visto mochileiro” pela diplomacia brasileira, o acordo turismo-trabalho precisa ser ratificado pela Câmara dos Deputados e pelo Senado Federal.

Se o rito correr de maneira rápida, como é esperado, a nova modalidade de visto já deve valer em 2014.A quantidade de visto terá um limite anual.

Hoje, o Brasil já possui um acordo similar com a Nova Zelândia e cada país emite, no máximo, 300 “vistos mochileiro” por ano. Para conseguir este tipo de autorização, também será exigido seguro-saúde e comprovação de recursos financeiros – mesmo que o jovem tenha a intenção de trabalhar para complementar renda.

Leia mais notícias do Brasil e do mundo em Último Segundo.

Palavras-chave: brasil , frança , françois hollande , presidente , presidenta , dilma rousseff , acordo , intercâmbio , visto , mochileiro , estudantes , países , relações internacionais , zoomin ,

Gostou?

VIDEOS RELACIONADOS

Ver todos