Centenas morrem em incêndios em fábricas do Paquistão

enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios
Mundo | 12/09/2012 - 11h40

Cerca de 300 pessoas morreram em um incêndio que arrasou nesta terça-feira (11/9) à noite uma fábrica de material têxtil na cidade de Karachi, no sul do Paquistão, em um dos piores acidentes da história do país.


Este é o pior incêndio da história de Karachi, destacou uma fonte do ministério da Saúde da província de Sindh.


O subsolo ficou completamente queimado. Uma fumaça espessa e um forte calor ainda eram sentidos na manhã desta quarta-feira (12/09).


As vítimas morreram intoxicadas antes que as chamas queimassem os corpos, destacou Salim. Karachi é uma megalópole do sul do país com 17 milhões de habitantes e centro do setor industrial paquistanês.


Na terça-feira (11/09), vinte pessoas morreram na segunda maior cidade do país, Lahore, em um incidente quase igual ao de Karachi após a explosão de um gerador em uma fábrica de sapatos na qual trabalhavam 45 empregados.


Leia mais notícias do Brasil e do mundo em Último Segundo.

Palavras-chave: vítima , incêndio , morte , reuters , fábricas , vítimas , chamas , incêndios , fogo , paquistanesas , empregados , confecção , trabahadores , bombeiros , paquistaneses , paquistanesa , paquistão ,

Gostou?

VIDEOS RELACIONADOS

Ver todos