China detém quase mil pessoas que pregavam o fim do mundo

enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios
Mundo | 20/12/2012 - 15h00

A polícia chinesa já prendeu quase mil membros da seita cristã Almighty God (Deus todo poderoso, em tradução livre para o português) por espalhar rumores sobre o fim do mundo, anunciou a mídia estatal.


Segundo a imprensa oficial, o grupo é uma "seita do mal". O Almighty God prevê que o mundo vai passar por três dias de escuridão, antes de acabar, e pediu para que seus seguidores derrubaram o comunismo.


Os simpatizantes da seita acreditam que o mundo vai acabar na sexta-feira, dia 21, último dia do calendário maia. A crença ganhou popularidade na China, onde o filme "2012", um longa de 2009 sobre o fim do mundo, foi um sucesso de bilheteria.


Leia mais notícias do Brasil e do mundo em Último Segundo.



Palavras-chave: rumores , detidos , fim do mundo , grupo , mentiras , boatos , deus todo poderoso , prisão , seita , reuters , China ,

Gostou?

VIDEOS RELACIONADOS

Ver todos