China impõe toque de recolher em Xinjiang

enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios
Mundo | 07/07/2009 - 09h17

Chineses da etnia uigur entraram em confronto com policiais armados nesta terça-feira, num novo protesto na província de Xinjiang, no oeste do país.

No final de semana pelo menos 156 pessoas morreram e mais de 1.400 ficaram feridas no pior conflito étnico ocorrido na China em décadas.

A maioria dos cerca de 200 manifestantes de hoje eram mulheres que protestavam contra a prisão de seus maridos e filhos, na violenta repressão das autoridades chinesas contra os membros da minoria muçulmana na capital da província.

Muitas estavam armados com canos de metal e pedaços de madeira, e quebraram lojas e propriedades da etnia rival.

A China acusa a etnia uigur por espalhar o caos a oeste do país.

Nesta terça-feira, o chefe do Partido Comunista afirmou que haverá "duros castigos" para os responsáveis. Ele disse ainda que o governo impos um toque de recolher na capital da região muçulmana, que vai durar até amanhã de manhã.

Palavras-chave: Xinjiang , violenta repressão , mortes , toque de recolher , feridos , protestos , china ,

Gostou?

VIDEOS RELACIONADOS

Ver todos