Clube das Coelhinhas da Playboy volta após 30 anos

enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios
Mundo | 07/06/2011 - 17h08

As coelhinhas voltaram. Depois de 30 anos, Hugh Hefner - idealizador, fundador e editor-chefe da revista masculina mais famosa do mundo - reabriu o Clube da Playboy, no elegante bairro de Mayfair, em Londres.


Mas as comemorações se misturaram aos protestos de pessoas que invadiram a festa, como penetras, e portavam cartazes contra Hefner e acusavam o clube de denegrir a imagem feminina.


Hefner deu de ombros para a manifestação. Para ele, essa atitude está defasada. "A ideia que a revista é sexista, até uma tora é mais chauvinista que as coelhinhas", ironizou.


"Quando o clube foi inaugurado", disse, "as meninas chamavam a atenção, principalmente por causa das roupas, que representavam nossa marca registrada". Segundo ele, as coelhinhas ganharam uma força que nunca tiveram antes, chegando a ganhar mais que seus pais.


Ao lado de Hefner, na festa, estava a sua noiva, a modelo Crystal Harris, de 25 anos. Para ela, posar para a Playboy ainda é o sonho de muitas garotas. Ambos vão se casar no dia 18 de junho, e Crystal dá dicas que a comemoração será cinematográfica, para 300 convidados.


Este será o terceiro casamento de Hefner, que se separou oficialmente, pela última vez, no ano passado.


Leia mais notícias sobre o Brasil e o mundo em Último Segundo.

Palavras-chave: clube da playboy , revista , crystal harris , playboy , clube das coelhinhas , reabertura , reuters , hugh hefner , coelhinhas , casamento ,

Gostou?

VIDEOS RELACIONADOS

Ver todos