Confirmadas 13 mortes em queda de avião

enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios
Mundo | 12/08/2009 - 08h24

Todas as 13 pessoas que estavam a bordo de um avião de turismo que caiu na terça-feira em Papua-Nova Guiné estão mortos, afirmou nesta quarta-feira o primeiro-ministro australiano Kevin Rudd.

Os destroços foram encontrados em uma área montanhosa da Papua-Nova Guiné, no Pacífico Sul, na manhã desta quarta-feira (horário local) por membros da equipe de resgate que sobrevoaram de helicóptero a região do acidente, informou a imprensa australiana. Não havia sobreviventes.

A aeronave, um Twin Otter, havia decolado de Port Moresby com destino à cidade turística de Kokoda, com nove australianos, um japonês e três cidadão de Papua-Nova Guiné. O avião sumiu do controle dos radares cerca de 10 minutos antes da aterrissagem.

A região de trilhas em montanhas de Kokoda, onde aconteceu uma batalha envolvendo tropas australianas na 2° Guerra Mundial, é um popular destino para turistas da Austrália. A companhia Airlines PNG, que está listada na bolsa de valores de Papua-Nova Guiné, opera voos para destinos domésticos e para o norte da Austrália. A página na internet diz que a companhia possui oito aviões Twin Otter em sua frota.

Acompanhe as notícias do Brasil e do mundo no Último Segundo.



Palavras-chave: sobreviventes , Papua-Nova Guiné , australiano , Austrália , tragédia , Kevin Rudd , Premiê ,

Gostou?

VIDEOS RELACIONADOS

Ver todos