Crime em montadora de carros deixa um morto na Índia

enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios
Mundo | 19/07/2012 - 15h58

Uma pessoa morreu queimada e outras 40 ficaram feridas em incidentes violentos registrados em uma fábrica da montadora indiana de automóveis Maruti Suzuki, perto de Nova Délhi.


"A produção foi completamente suspensa depois que uma pessoa foi queimada viva na sala de conferências da fábrica. Mais de 40 executivos e autoridades de nossa fábrica de Manesar ficaram feridos", declarou um funcionário da Maruti que pediu o anonimato.


A Maruti Suzuki, controlada em sua maioria pelo grupo japonês Suzuki, é a primeira montadora de automóveis da Índia.


Funcionários da fábrica incendiaram locais e saquearam os escritórios na quarta-feira, acrescentou a empresa.


A fábrica de Manesar está a cerca de cinquenta quilômetros de Nova Délhi, emprega 2.000 pessoas e fabrica 1.200 veículos diariamente.


Leia mais notícias do Brasil e do Mundo no Último Segundo.

Palavras-chave: Índia , conflito , reuters , montadora , , veículos , carros , feridas , mortes ,

Gostou?

VIDEOS RELACIONADOS

Ver todos