Crise afeta a prostituição na Alemanha

enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios
Mundo | 22/04/2009 - 18h58

A prostituição pode ser a profissão mais antiga do mundo, mas até ela foi atingida pelos efeitos da crise econômica global.

Desde os clubes de strip da famosa Reeperbahn de Hamburgo até um pequeno bordel na periferia de Berlim.

A Alemanha é um dos poucos países onde a prostituição é legal.

Há cerca de 400 mil prostitutas profissionais na Alemanha, num mercado que movimenta 18 bilhões de dólares por ano.

Com a crise, o setor criou seu próprio pacote de estímulo para combater a recessão, usando recursos de marketing e promoções para atrair a clientela.

Palavras-chave: afeta , alemanha , prostituição , promoção , bordéis , crise ,

Gostou?

VIDEOS RELACIONADOS

Ver todos