Cubanos conquistam direito de viajar ao exterior sem autorização do governo

enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios
Mundo | 15/01/2013 - 11h54

Após 50 anos, os cubanos não precisam mais pedir ao governo autorização para viajar ao exterior.

 

A nova lei, que entrou em vigor nesta segunda-feira (14/01), determina apenas que o viajante tenha um passaporte válido. Os visto de saída ou "cartão branco" e a carta de convite de alguém do exterior não são mais necessários.

 

A imprensa oficial do país afirmou que essa nova política permite que movimentos migratórios “ocorram de forma legal, ordenada e segura”. 

 

A reforma na lei, anunciada em outubro, foi bem recebida pela população. Muitos cubanos se apressaram para pedir o passaporte e houve filas nos locais em que o documento é solicitado.

 

A lei migratória é uma das mais revolucionárias reformas introduzidas pelo presidente Raúl Castro, desde que substituiu no comando do país o irmão Fidel Castro. 

 

A reforma também beneficia quase dois milhões de emigrados cubanos que já não terão de passar por longos trâmites para visitar o país caribenho. 

 

Leia mais notícias do Brasil e do mundo em Último Segundo.

Palavras-chave: cuba , cubanos , cubana , cubano , cubanas , lei , migração , migratória , revolucionária , raúl castro , fidel castro , reforma , emigrados , presidente , viagem , viajar , exterior , país , caribe , avião , passaporte , turismo , turista , turistas , reuters ,

Gostou?

VIDEOS RELACIONADOS

Ver todos